O livro de Melquisedeque

admin   12 de agosto de 2011   13 comentários em O livro de Melquisedeque

O livro de Melquisedeque
Melquisedeque ou Melquisedec (em hebraico מַלְכִּי־צֶדֶק / מַלְכִּי־צָדֶק, transl. Malkiy-Tzadeq, “meu rei é justiça”) é um personagembíblico do livro de Gênesis que interagiu com Abraão quando este retornou vitorioso da batalha de Sidim. É descrito como o rei de Salém e que não deixou descendência.

Diz-se que não teve ascendência nem descendência, a quem a história atribui-lhe características sobre humanas, divina. Alguém de enorme valor que instruiu os povos e lhes deu a civilização.

 

Preferindo baixe-o na versão
Clique aqui para baixar o Livro de MELQUISEDEQUE

Apesar das raras referências a ele na Bíblia, o Livro Sagrado refere-se a Melquisedeque como um sábio rei de uma terra chamada Salém e “sacerdote do Deus Altíssimo.” (Gênesis 14:18). No Novo Testamento, ele é comparado a Jesus, de que é dito ser “segundo a ordem de Melquisedeque” (Epístola aos Hebreus).

Segundo o texto do Pentateuco, Melquisedeque foi o rei da cidade de Salém (que significa “paz”), a qual se acredita ter sido a cidade posteriormente conhecida por Jerusalém.

Melquisedeque teria tido importância no direcionamento de Abrãao – o primeiro registro bíblico da doação de dízimos decorre desta ocasião. Abrãao e Melquisedeque seriam, portanto, contemporâneos, de acordo com as narrações bíblicas.

Destaca-se na sua história a ausência de menções (comuns nos registros bíblicos) a seus antepassados. Como se pode interpretar de alguns versos (Hebreus 7:3), Melquisedeque fora um homem sem genealogia, sem filhos ou parentes conhecidos. O lugar onde seu corpo jaz também é ignorado. Estas características, para a teologia, significam que Melquisedeque seria uma figura do próprio Cristo, contudo, não se sabe se isto seria uma espécie de tipologia ou, até mesmo, “teofania”, que é um termo teológico para quando Deus assume uma forma humana.

Ao nome Melquisedeque pode ainda ser atribuído o significado “Rei de Justiça” em função de ser uma possível junção de mais de uma palavra do idioma hebraico.

Seu nome já foi usado nas denominadas “Índias”, que se referiam à atual Etiópia, Índia e Himalaia. Nessas 3 culturas havia referências a um “Rei da Terra”, que seria o próprio Melquisedeque.

(Uma Parábola)
“Escutai, povo meu, a minha lei; prestai ouvidos às palavras da minha boca. Abrirei os lábios em parábolas e publicarei enigmas dos tempos antigos”Sl.78:1,2.

4.00 avg. rating (79% score) - 1 vote

Comments

comments

13 thoughts on “O livro de Melquisedeque

      1. Nogueira

        Eu me chamo nogueira e no meu canal no youtube to fazendo a leitura do livro de Melquisedeque só que apareceu determinadas pessoas falando que esse livro é mentiroso invenção de uma pessoa chamado diogenes quem afirma é uma pessoa do canal no youtube chamado (RevelacaoOnline) ele fala as seguintes palavras, (Diogenes deixou na descrição do vídeo que foi ele quem escreveu:)
        eu pessoalmente não acredito nisso, acredito que foi Abraão quem escreveu o livro de Melquisedeque sim.
        Abraços.

        Reply
  1. egon

    olá sr. leomar!
    aqui é o egon de belém do pará.
    tenho um tema interessante para indicar para o sr. postar em seu blog: o livro de enoque.

    ele fala a respeito da segunda queda de anjos (nefelins)por causa da luxúria e também da prole maligna deles: os gigantes.
    seria um assunto muito interessante para os nossos irmãos saberem.

    que a paz de yhwh esteja conosco em nome de emanuel.

    Reply
  2. Kleber Conceição

    Bem Amados!
    Após ver o conteudo do livro, me reservo o direito de não dizer quem escrevem, pois entende-se tratar-se de uma transcrição dos rolos do mar morto, visto que seu conteudo trata de assusnto pessoal.

    Reply
  3. Roberto

    Tenho um amigo que gostaria mt de elr esse livro, mais ñ tem NET,como ñ confio em comprar nada p/ NET, tem algum lugar que posso comprar ?(loja)só li até a página 109,aki na NET,tem mais páginas p/ se ler ? abç.

    Reply
  4. Adriano

    muito interessante embora possua um forte tom de radicalismo e moralismo
    deve-se reconhecer também que é um tanto mitológico. mas muito bom, interessante proveitoso.

    Reply
  5. Jogli Martins

    Algo que considero importante comentar sobre a obra O Livro de Melquisedeque, conhecido tbm como a História do Universo, é que não se caracterisa como um apócrifo, mas sim como uma obra que compõe-se de 22 Romances que foram escritos ao longo de 30 anos pelo musico e escritor Diógenes Lopes de Oliveira. Concebidos sob diversos pseudônimos. O Livro de Melquisedeque foi registrado pelo autor , Diógenes Lopes de Oliveira na Fundação Biblioteca Nacional, no Escritório de Direitos Autorais em 02 de Maio de 2.000, sob o numero 199553, na categoria de Romance. Essa informação pode ser conferida através do site da Biblioteca Nacional, no item Consulta ao Acervo EDA. (Link para cocsultar o codigo: http://www.bn.br/portal/index.jsp?plugin=FbnBuscaEDA)

    Reply
  6. marivaldo

    Ainda existem muitas coisas que nós precisamos saber sobre tudo parte da história não foi revelada mas o nosso criador yaohushua ainda irá revelar para todos aqueles que tem sede da verdade os incautos e ignorantes que só acredita no que os pastores deles dizem não vão saber

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>